28 de maio de 2010

seguindo minha vida.



Precisava levantar a cabeça e seguir minha vida...

Comecei a trabalhar de operadora de caixa em uma casa de shows aqui em Embu, chamada “O Caipirão”.

Lá trabalhavam 3 amigos da época de escola, não foi difícil me entrosar com o resto do pessoal. A minha gerente também era conhecida.

Foi muito bom o tempo que trabalhei lá!

O tempo foi passando e eu me sentia “a mosquinha da titica do cavalo do bandido”, quando um desses amigo,s o Gilnei, se aproximou de uma forma diferente e um dia se declarou.

Eu levei na brincadeira, porque eu gostava de mais dele, mas só como um amigo, e ainda amava meu ex marido.

Mas ele era muito insistente, não desistiu de mim... GRAÇAS A DEUS!!!

Começamos a ficar juntos no mesmo ano, 29/11/2002.


Ele entrou na minha vida, no momento que eu menos merecia, mas quando eu mais precisava de alguém especial assim como ele.

Um homem maravilhoso, carinhoso e com um filhinho de um pouco mais de 1 ano, o Vinicius.

Um lorinho lindo, que a minha sogra criava, pois a mãe dele o abandonou com 6 meses de idade e sumiu no mundo.

Ela já tinha uma filha, alguns anos mais velha que o Vinicius que também morava com o pai e alguns anos atrás, descobrimos que ela engravidou, tentou abortar e não conseguiu, teve o bebê nas Clinicas e fugiu do hospital deixando o bebê lá para adoção.

É revoltante isso! Eu louca pra ter 1 e ela teve 3 e NUNCA foi MÃE de nenhum deles, só os colocou no mundo.


Mas deixa essa fulana pra lá, ela não merece ibope no meu blog.


Fui tentando, tentando aprender a gostar do Gilnei e esquecer meu ex... E não é que deu certo... rsrs

Nossas famílias se dão bem, ao contrario da outra.


Amo meus sogros e sei que eles gostam de mim, ao contrario dos outros... rsrs


E isso foi ajudando muito na nossa relação, ajuda até hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.A.T.E.N.Ç.Ã.O.
Por favor, vc que não tem blog, deixe seu email no comentário também.
E seu nome.
Porque eu não consigo vê e responder vcs depois.
Obrigada!
Nina