24 de maio de 2010

Dia da cirurgia.


Agosto de 2001.


Bem cedo fomos para o Hospital Santa Isabel (Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo).


Quem me levou foi o marido da minha amiga Erika, o Alexandre, mas quem ficou no hospital o tempo todo foram minha mãe Nalva e minha tia/madrinha Lena.


A cirurgia não demorou muito e logo fui para o quarto, por volta das 20 horas eu tive alta e fui para casa.

Quando cheguei em casa tive muita dor, achei q ia morrer, os ar que eles colocam na gente e pra matar. Mas tomei logos os remédios e dormi. No dia seguinte nem parecia que tinha passado por uma cirurgia se não fosse o inchaço da barriga.


Em menos de 15 dias eu tirei os pontos e comecei um longo tratamento com ZOLADEX.

Tinha que tomar por 6 meses, pois segundo o Dr Aoki a taxa de endométrio que estava 75 tinha que diminuir a 35.


Todos os meses eu fazia o exame CA 125 para conferir se estava dando resultado.

No 2º mês da injeção eu estava morando em Florianólopis SC, pois meu marido tinha fechado um contrato lá e tínhamos que morar lá por alguns meses.

Esse medicamento não tinha lá para vende, eu comprava em SP e recebia via sedex lá em SC.

Pagava em torno de R$300 cada injeção, tinha que tomar em volta do umbigo e ela não é subcutânea, aquelas agulhas pequenas e fininhas, pelo contrario, é bem grande e grossa, e muito dolorida, doía a injeção e o bolso.


Comecei a sentir as reações do medicamento já no 2º mês, tive depressão, chorava muito e não entendia o porque, achava que estava ficando louca, aí que eu chorava ainda mais.Estava sempre sozinha, pois não conhecia ninguém lá a não se alguns amigos de trabalho do meu marido.Minha família toa aqui e eu não podia falar para minha mãe da minha situação, por que era capaz dela ficar doente aqui por não poder fazer nada estando tão longe.


Na época conheci uma moça que também tinha endometriose e cisto de ovário, e na cirurgia que fez, a irresponsável da médica, tirou o ovário BOM dela, deixando o com o cisto. Tadinha, era tão tranqüila, que a única coisa que fez foi mudar de médico.

Mas ela já tinha tomado esse medicamento e me falou dessas reações loucas e que me tiraria todas as duvidas e que era para o meu marido ir conversar com o dela para poder entender melhor a minha situação.

Mas ele nunca se interessou, pelo contrario, achava que era frescura, com isso nosso casamento foi só se desgastando.

Tomei a injeção por 5 meses e todos os meses eu mandava o resultado para o Dr Jose Roberto por fax, que continuava me acompanhando e ele me explicava os resultados.

Antes da 6ª injeção, eu já tinha voltado para SP, quando mandei os resultados dos exames e ele me ligou dizendo que eu já não precisava mais tomar e era para marcar uma consulta com o Dr Aoki.

Que felicidade... Já não agüentava mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.A.T.E.N.Ç.Ã.O.
Por favor, vc que não tem blog, deixe seu email no comentário também.
E seu nome.
Porque eu não consigo vê e responder vcs depois.
Obrigada!
Nina