25 de maio de 2010

Retorno com Dr Aoki depois da cirurgia.



Logo marquei uma consulta com o Dr Aoki, ele disse que depois da 1ª menstruação que eu tivesse era pra fazer uma transvaginal, só pra confirmar que estava tudo bem, pra podermos dar inicio a um tratamento para eu engravidar.

Ai que ansiedade!!!

Marquei logo de fazer o exame, e o medico me disse...

Karina, você está com um cisto de 1 cm, é bem pequeno, mas está aqui bem nítido.

Eu não acreditei no que estava ouvindo, me troquei e saí arrasada direto para o carro, meu marido me vendo passar pela sala de espera feito um raio veio atrás de mim.
Eu estava em pratos, não acreditava que estava com cisto novamente.
Estava sem chão, desesperada, revoltada por conhecer pessoas próximas que tinham feito vários abortos, e eu que queria tanto ter um filho pra criá-lo e amá-lo não conseguia.

Fomos para casa eu estava inconsolável, passei o resto do dia deitada chorando, arrasada.


Voltei ao médio que disse que não era pra eu estar com cisto, pois não estava menstruando.
Isso me deixou mais triste, me achei com muita falta de sorte.
Mas ele disse que eu para eu esperar a próxima ovulação, fazer uns outros exames, para começarmos o tratamento.

Mas antes mesmo de marcar esses novos exames, me separei... Junho de 2002
Fiquei super mal com o fim do meu casamento, uma união de quase 8 anos.
Emagreci, fiquei super deprimida e perdida.
Liguei para o Dr José Roberto que me disse para começar tomar anticoncepcional, isso impediria do cisto desenvolve, até eu resolver minha vida.
Já que o tratamento para engravidar não teria inicio.

Graças a Deus tinha minha mãe, minha família e minhas amigas, Erika, Alexandra, Marlucia e Bete.

Foram quem me deu muita força.


Também tinha o apoio de outras pessoas muito especiais...
Dona Aledir, Jéssica e o André.
Obrigada por tudo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.A.T.E.N.Ç.Ã.O.
Por favor, vc que não tem blog, deixe seu email no comentário também.
E seu nome.
Porque eu não consigo vê e responder vcs depois.
Obrigada!
Nina