20 de junho de 2010

Conseguii... kkkkkkk

Ai que felicidade!!!

Meu primeiro gif rsrs


11 de junho de 2010

Síndrome de Turner

A Síndrome de turner é uma doença genética, que atinge somente meninas, atualmente tem-se o registro de cerca de cinco mil jovens portadoras da síndrome. A origem dessa anomalia, apesar de muitos estudos e pesquisas ainda é desconhecido, não havendo nenhum indicio de hereditariedade, sua única aferição esta ligada a uma anomalia relacionada ao cromossomo sexual. A Síndrome de Turner é observada em muitos casos logo após o nascimento, em outras crianças ela vai ser observada durante o desenvolvimento e outras somente na adolescência, apesar de suas características físicas marcantes, que, assim como a síndrome de down, tornam as jovens portadoras da síndrome de Turner facilmente reconhecíveis pelas condições estéticas.

A menina portadora da síndrome de Turnês apresenta deficiência do cromossomo X, que desencadeia alterações hormonais, trazendo algumas consequências bastante aparentes como baixa estatura, no máximo um metro e meio, ausência de seios, tórax em forma de barril, ausência de pelos pubianos, órgãos sexuais muito pouco desenvolvidos, pescoço mais largo do que o comum, má formação das orelhas e os cabelos nascem bem abaixo da linha da cabeça. Além dessas alterações a menina com a Síndrome de Turner não menstrua e também raramente poderá ter filhos, pois não são férteis. Essas meninas podem levar uma vida normal, apresentam um caráter psicossocial ajustado, no entanto comumente apresentam algum grau de deficiência ou retardo mental.

Além disso elas podem ter problemas relacionados a área de saúde relacionados ao funcionamento dos rins, tais como disfunção, e insuficiência renal que pode evoluir para um agravo crônico; por apresentarem uma conformação diferente do trato bucal o processo digestivo, com a mastigação e a deglutição pode ser prejudicado, resultando em refluxo no aparelho digestivo. Além disso, as pacientes com a Síndrome de Turnês podem apresentar problemas no aparelho circulatório resultando em edemas nas mãos e nos pés decorrentes da falta de circulação. Ao que parece nada pode ser feito para evitar que uma criança apresente a Síndrome de Turner, assim como não há tratamento, somente aplicações de hormônios para amenizar as consequencias da doença e evitar alguns problemas de saúde decorrentes, porém nada de efetivo, pois trata-se de uma doença genética.

O excesso de peles no pescoço pode ser corrigido através de cirurgia plástica, que devolvem a aparência normal a região. A Síndrome de Turner é relativamente rara e deve ser tratada por uma equipe de médicos especializados. O pediatra poderá ser o responsável pelo tratamento da menina durante a infância, encaminhando para todos os exames e atendimentos que possam melhorar a qualidade de vida dessas pacientes e especialmente sua aparência e alto estima. O acompanhamento psicológico pode ser importante, pois apesar de ter um desenvolvimento mental um pouco mais lento, as portadoras dessa síndrome tem um bom potencial de aprendizagem e devem ingressar na escola normalmente.

Pessoal... Nas pesquisas que fiz sobre essa síndrome de turner, vi muitas fotos.

Mas algumas tão tristes que achei melhor não postar.

Entre uma pesquisa e outra, encontrei um blog de uma mãe que a filha tem a síndrome de Turner.

Quem quiser entender melhor e ver fotos de pessoas com esse problema é só visitá-lo.

http://asindromedeturner.blogspot.com/

Nossa 3ª história.


Olhem que caso interessante.

Uma amiga falou do meu blog para outra que pode vir a ter alguma dificuldade para engravidar devido a um problema que ela tem.

Ela me contou a história dela e achei legal passar pra vocês, pois acho que como eu, muita gente nunca ouviu falar sobre o problema que ela tem.

Leiam que interessante!

Meu nome é Jaqueline, tenho 23 anos.

Aos 18 anos eu ainda não menstruava, resolvi passar no médico para saber o porque.

Depois de muitos exames detalhados de cada parte do meu corpo, foi diagnosticado “síndrome de Turner”.

Tive que tomar uma medicação para então menstruar aos 19 anos.

Pelo que pesquisei tem diversos graus, tem casos de a pessoa ficar toda raquítica.

Vi um caso assim no Hospital São Paulo, o menino tinha 15 anos e tamanho de 4, 5 anos, todo atrofiado e vários problemas de coração, rins, ossos...

Desde então vi que meu problema não é nada, apenas um obstáculo a ser superado, como muitos que temos e teremos ao longo da vida.

Quando eu comecei o tratamento eu tinha 1.47 de altura, hoje estou com 1.57.

E não tenho nenhum outro problema de saúde graças a Deus a não ser meus ovários e útero que não funcionam adequadamente, pelos no pescoço e a baixa estatura.

É como se eu estivesse na menopausa, tomo anticoncepcional pra que eles funcionem.

Com o anticoncepcional, menstruo normalmente todos os meses.

Mas tarde quando eu resolver ser mãe terei que fazer um tratamento com o “geneticista”.

A médica me disse que com tratamento, dependo do grau de turner, é possível a mulher portadora da síndrome ser mãe, claro que com certa dificuldade. Apenas o geneticista e o tratamento, podem dizer se sim ou não, além de claro, primeiramente Deus.

Estou preparando meu espírito desde já!

O acompanhamento com psicólogo é mesmo muito importante. Quando o exame do cariótipo diagnosticou a síndrome de turner fiquei muito depressiva. O apoio familiar foi decisivo para sair desse quadro depressivo.

Espero que tenha sido útil a minha história.

Beijos Jack

Jack... Com certeza foi sim muito útil.

Beijão e obrigada por nos contar.

E muita sorte quando resolver ter seu bebê.



Começando tudo outra vez.

Agora consegui fazer outro plano de saúde, inferior ao que eu tinha e voltei a passar no médio.

Mas não com o Dr Aoki, agora com o Dr Jaime.

Então vou começar tudo outra vez pela sei lá quantas vezes.

Dia 10/06 tive uma consulta, fui levar os resultados dos exames.

Deu um cisto de 2 cm que o Dr disse que eu não tenho que me preocupar.

Quase impossível né? rsrs

E também deu uma feridinha no colo do útero, mas já fui medicada, não é a primeira vez que tenho, da outra tive que cauterizar, ele disse pra eu fazer o tratamento direitinho pra vê se não precisa cauterizar dessa vez.

Ele também pediu outro exame (espermograma) para o meu marido, pois o dele é muito antigo de 2005.

Depois que eu tiver feito o tratamento e com o exame do meu marido em mãos eu volto lá e se tiver novidade eu conto pra vocês.

Eu disse ao Dr Jaime que o Dr Aoki tinha me dito que o grau da endometriose era grave e que eu só ia conseguir engravidar com uma fertilização.

Ele olhou pra mim e disse:

Ele não é Deus pra te falar isso!

Vi uma luz mais forte no fim do túnel... E não é um trem... rsrs

Gostei desse médico... Tomara que dessa vez esse me ajude de verdade!

É isso por enquanto o que tenho pra dizer sobre mim.

Até mais!

Porque NÃO adotou o enteado?

Vocês devem se perguntar:

Por que ela não cria o enteado como filho?

Muita gente me faz essa pergunta.

Eu vou tentar explicar pra vocês o porque.


Se eu o adotasse, só eu não seria “a de verdade”...

O pai é de verdade, os avós são de verdade, os tios são de verdade...

Pra mim e talvez até pra ele eu seria a mãe de verdade, mas e para os outros?

Dar palpite como madrasta já é difícil, porque tem sempre alguém que não concorda.

Por ser a avó de verdade, ou a tia de verdade...

O pai não fala nada, se eu falei está falado e pronto.

Mas já tive problema com meu sogro e com a minha cunhada por causa dele.

Ele já morou comigo um tempo, mas não deu certo.

Não por causa dele, nunca, ele aqui é uma criança maravilhosa.

Educado, dá bom dia quando acorda, pede licença pra sair da mesa, se alimenta super bem.

Mas pelos outros, não deu certo.

Então EU SEI que não daria certo tentar ser a mãe dele.

Eu sempre teria que estar batendo de frente com algum deles para educá-lo e fazer as coisas do meu jeito e não ia ser fácil, acho até que poderia acabar com essa nossa união.

Então prefiro deixar como está.

Ele vem aqui para nossa casa sempre que quer.

Meu marido fala que ele é muito meu puxa saco... rsrs

Estamos bem assim... Eu sendo a titia dele, com ele carinhosamente me chama.

Vocês me entendem agora?

Eu o Amo muito, ele é meu lorinho.

Olhem que lindo ele é!!!

Segunda feira dia 14/06 ele completa 9 aninhos.

Ah! E dia 09/06 o meu maridão tambem estava de niver.

PARABÉNS PROS MEUS 2 AMORES!!!


Tô de volta!!! rsrs


Ai que saudade eu estava do meu blog rsrs

Estive um pouco ocupada com outras coisas, mas vou atualizar um pouco hoje.

Então vamos dar continuidade...!!!

Beijão


4 de junho de 2010

Nossa 2ª história.


Oi Karina!

Foi uma honra ser convidada por você pra contar minha história.



Meu nome é Milene tenho 28 anos.

Minha historia começa quando eu tinha 20 anos, me casei e desde então comecei a sentir coisas que não sentia antes, comecei a ter medo de comer, de ficar em lugar fechado, fiquei lutando com isso por dois anos, até que não aguentava mais sentir essas coisas, resolvi procurar o médico, e fui diagnosticada com Síndrome do Pânico.

Meu mundo acabou naquela hora, eu não acredita, imagina eu com 22 anos com Síndrome do Pânico. Tentei não aceitar nem remédio queria tomar.

1 ano depois resolvi procurar um psiquiatra e fazer terapia, foi quando aceitei que estava doente e com a ajuda da Família e dos médicos, que foram anjos (O Psiquiatra Ricardo Uchida e a Psicologa Ana cassia) fiz dois anos e meio de terapia e tomei remédio por 5 anos (FLUOXETINA), senti melhoras mas não 100%,mas continuei levando a vida mas com muitas limitações.

Eu evitava ir a shoppings, restaurantes e vários outros lugares. Foi a dois anos a atrás que tive uma noticia do médico que me deixou sem chão, devido a ter tomado remédio pra controlar o meu problema ,eu tinha pouquíssima chance de engravidar, pois eu produzia só 20% de hormônio e precisa ter no mínimo 60% para engravidar, mesmo assim não desisti continuei tentando mas a cada mês que passava nova frustração.

Foi ai que comecei um tratamento de homeopatia e muita fé, pois pedia todos os dias pra Deus me curar, quando fez três meses que eu havia me curado engravidei. Tive uma gravidez tranqüila e hoje tenho o Cristiano que faz dia 06 1 mês de vida, ele é lindo e esperto.

Por isso nunca desista, pois perante os médicos e os homens eu nunca poderia ter filhos e hoje tenho ele nos meus braços, inclusive agora escrevendo resumidamente minha história....



Um super beijo e acredite sempre nos seus sonhos, pois eles sempre se realizam.

Aqui vai uma foto minha com ele.

Milene e Cristiano


Será que estou grávida?



Um dia me dei conta que estava atrasada por 5 dias, isso e o Maximo no nosso caso, que queremos tanto um filho, mas só contei para o meu marido e minha prima Regiane e os dois me diziam, fica tranqüila e esperar mais tempo, tenta esquecer e se preparar para tudo.

E eu tinha certeza que estava grávida, passou 10 dias e nada, nunca atrasou tanto.
Estou grávida, tenho certeza que estou.
Ria para os cachorros na rua.

Mas também não dormia a noite toda, imaginando como dar a noticia para família.
Fazer um jantar ou contar logo de uma vez?
Espero pra montar o quartinho e contar já mostrando o cantinho do meu filho?
14 dias e nada... Era domingo e falei chamei minha prima para ir comigo fazer o teste no laboratório, queria de sangue para provar para eles que eu estava certa.

Eu sentia meu corpo mudando, até desejos eu tinha, vivia enjoada.
Claro que estava grávida.
Levantei junto com meu marido que ia trabalhar, tomei banho, me arrumei toda feliz e ia sair de casa junto com ele.

E do nada uma dor, nisso minha prima chama no portão.
E senti que desceu pra mim.
Corri pro banheiro e estava lá, mais uma vez estva enganada.

Aí que dor no meu coração e como me dói lembrar desse dia.

Me troquei e fui aos pranto prara o meu quarto.
Meu marido veio correndo tentar me acalmar, eu chorava d+ e nada me confortada.
Ele tadinho, sem saber o que fazer, o que me falar...

Ele não agüentou e abraçado comigo chorava também.



Pedi para ele pedir explicar para minha prima o que aconteceu e pedi pra ela ir embora que eu não queria ver ninguém.

Ele foi trabalhar por que não podia mesmo ficar e casa aquele dia.

Eu fiquei sozinha trancada, em casa, nem as janelas eu abri.

Telefone tocava o dia todo, minha prima tadinha querendo saber como eu estava, mas eu não tinha condições de atender.


Passei 3 dias assim, deitada chorando dia e noite, a minha prima e outras pessoas que vinham me chamar eu fingia não ouvi.
Celular tocava até cair e eu só falava com meu marido.

Minha mãe mora do lado da minha casa, perto do horário dela chegar eu desligava tudo para ela achar que não tinha ninguém, pois não queria explicar o por que daquela cara inchada.

Passei dias muito mal, só saí de casa uma semana depois.

Foi difícil d+ tudo aquilo, aquela sensação tão boa de achar que estava grávia e do nada, depois de 15 dis de atraso tudo acabar. Um balde de água fria.

Peço a Deus todos os dias, não deixa minha menstruação atrasar nem um dia.

Peço também que não permita que eu engravide e perca depois, como acontece com tanta gente.

Se quase morri só por ter decido depois de um atraso de 15 dias.

Se eu tiver a certeza que estou grávida e perder, nem sei o que pode acontecer.

Fertilização in vitro (FIV)


A fertilização in vitro (FIV) é uma técnica de reprodução medicamente assistida que consiste na colocação, em ambiente laboratorial, (in-vitro), de um número significativo de espermatozóides, 50 a 100 mil, ao redor de cada ovócito, óvulo , procurando obter pré-embriões de boa qualidade que serão transferidos, posteriormente, para a cavidade uterina.

Para a execução desta técnica exige-se uma prévia estimulação ovárica (ovariana) através de medicamentos adequados (gonadotrofinas) e acompanhamento médico regular (exames de ultra-som transvaginal e dosagens hormonais seriados), de forma a controlar os efeitos dessa estimulação e definir o melhor dia para a coleta dos oócitos. Cerca de 34 - 36 horas antes dessa coleta (ou captação) é administrada uma injeção de gonadotrofina coriónica (um tipo de hormônio produzido pela placenta) que provoca a maturação oocitária, vindo a permitir a sua captação por aspiração através de uma agulha especial. Essa captação é realizada com a ajuda do ultra-som transvaginal, que auxilia o médico a guiar a agulha em direção aos folículos ovarianos (pequenas bolhas de líquido situadas dentro de cada ovário e que contêm os oócitos) durante o procedimento. Os oócitos assim obtidos são encaminhados ao laboratório de embriologia, anexo à sala de coleta, onde serão classificados e ambientados em um meio de cultura especial, sob condições de temperatura e pressão constantes (estufas especiais). Depois de 2 a 4 horas de ambientação numa estufa especial, os oócitos estarão prontos para a fertilização.

Quanto aos espermatozóides, estes são obtidos após uma coleta de por masturbação, sendo normalmente sujeitos a um tratamento prévio, em meio de cultura especial, para que sejam escolhidos os melhores em termos de motilidade e forma. Destes são seleccionados cerca de 50 a 100 mil, com mobilidade progressiva rápida, para serem colocados ao redor de cada oócito. Quando há problemas graves com a quantidade ou qualidade dos espermatozóides, e o número é insuficiente para a fertilização in vitro convencial, considera-se a alternativa da realização de uma microinjecção intracitoplasmática de espermatozóides.

Após cerca de 16-18 horas os oócitos são observados para identificar o estado de fecundação e eventual progressão até pré-embriões de alguns deles. Já sabemos que após a fecundação (fertilização) forma-se o zigoto. A partir desse momento inicia-se a divisão celular para a formação do que denominamos pré-embrião. Assim, 24 horas (1 dia) depois da fertilização teremos pré-embriões com 2 células, após 48 horas (2 dias) teremos 4 células, após 72 horas (3 dias) teremos 8 células e assim por diante, numa divisão celular (clivagem) em progressão geométrica. A transferência desses pré-embriões para a cavidade uterina é então efetuada através de um fino tubo de plástico especial (catéter), após 2 a 5 dias da coleta dos oócitos. Normalmente transferimos 2 a 3 pré-embriões para a cavidade uterina. Entretanto, esse fato depende da idade da mulher e da qualidade dos pré-embriões. Assim, cerca de 10 a 12 dias após a transferência, fazemos o exame de sangue (dosagem de beta-hCG) na mulher, para identificarmos se a gravidez está presente.








Casei que nem vi


Pouco tempo depois, quando percebi, estávamos morando junto, foi tã de repente que nem sei a data certa, então contamos pelo dia 29/11 kkkkk



Eu já não tinha mais plano de saúde, pois tive que me manter sozinha por um tempo, e não pude me dar ao luxo de ter um plano de saúde.

Mas logo fiz outro e voltei a passar com o Dr Aoki, TODOS os exames novamente pra ver como eu estava.

2 cistos, 1 de 2 cm e outro de 3 cm.

Tomei anticoncepcional por 6 meses, sumiu o cisto menor e diminuiu o outro, tomei por mais 6 meses e voltei a fazer a ultrassom e o medico disse que estava de um tamanho insignificante que ele não conseguia nem encontrar.


Ai que alivio, pelo menos um resultado bom depois de tanto tempo.


Voltando ao médio, ele pediu para o meu marido fazer uma analise seminal completa.

O resultados não foram satisfatório.

Agora me fugiu da mente o nome certo, mas os espermatozóides são classificados pro grau A, B, C, D.

A e B são os melhores e a mobilidade desse era A de 00% e B de 5%, tinha que estar no mínimo 25% os dois.


Ficamos arrasados!!



Mas o Dr disse que isso pode mudar, continuei com o acompanhamento e depois de alguns meses ele pediu outra analise pra ele, e o B tinha aumentado de 5 para 21 %.

Não era grandes coisas, mas uma esperança que cada vez melhorasse mais.

O Dr me disse que para eu engravidar naturalmente, só com um “MILAGRE”.

Pra Deus nada é impossível, difícil é só saber esperar a vontade de Dele.

No meu caso, ele não indicava nem a inseminação artificial, porque tenho as trompas obstruídas, cheia de deformações que dificultava ainda mais.


Que o melhor seria a Fertilização in vitro (FIV).

Mas é muito caro, eu não tinha condições. Pois pra conseguir gratuito é muitos anos de espera.

E o tratamento pode chegar a 10 mil reais.

Acabei não conseguindo nem ficar com o meu plano de saúde, foi horrível ter que começar tudo outra vez por posto de saúde.


Aqui onde eu moro, o atendimento é um horror, você só consegue vaga meses depois, os exames que tenho que fazer, para conseguir marcar é uma luta.

Tentei por algum tempo um tratamento, mas foi em vão, são os médicos que sempre mudam, ou exames que são perdidos e com isso eu acabava nervosa por não conseguir engravidar e nem mesmo fazer meus exames.

Resolvi por conta própria tomar injeção, porque todos os meses que era para eu ficar menstruada era aquela ansiedade e quando descia, aquela choradeira.

E também é uma maneira de controlar o cisto.



Tomava por 2, 3 meses e parava, ficava 2, 3 sem tomar e nada de engravidar.

1 de junho de 2010

Comentarios do outro blog

Com muita dó no coração tive que mudar oe ndereço do meu blog.
Mas eu não queria perder nenhum comentário.
Então vou post-los aqui.





Nina!! super bem escrito!! Adorei... quero acompanhar de perto essa sua caminhada!! beijos
Chirley 19/05/2010 14:28

Vamos que vamos!! Você sabe que estou com você!!! Vai dar tudo certo!!! Adorei a iniciativa do blog!! Beijão
Naty 19/05/2010 17:13

Isso mesmo minha linda, assim vc vai conhecer outras pessoas, outras situações e vai criando mais força para enfrentar essa luta, luta que eu tenho certeza que vai vencer e eu vou estar no camarote te aplaudindo!! Te adoro!!!!!!!!!!
beijão da Li 19/05/2010 21:37


Existem aqueles que desistem assim que alguma coisa sai errada, existem aqueles que também desiste porque as coisas não sairam da maneira que eles planejaram, existem outros que persistem por um tempo, mais desistem depois que tentaram muitas vezes !!! Aquele que consegue, é aquele que não desiste de primeira, é aquele que planeja uma vez e não da certo, planeja de novo e não da certo e depois de muito tempo continua planejando. E quando desiste de planejar mais ainda tem ESPERANÇA E PERCEVERANÇA, acaba acontecendo naturalmente, torço muito por vc !!! fica com Deus.
Renato 20/05/2010 14:59

Olá Nina! Vim agradecer sua visita ao Vivendo com Arte e seu carinhoso comentário. Obrigada! Volte sempre! Será sempre bem-vinda! Vim tb conhecer seu cantinho onde com certeza vc estará postando suas novidades sobre a maternidade em breve... Creia em Deus! Quanto a ajudá-la com o blog, claro que ajudo. O que eu souber com certeza passarei pra vc. Se não souber , indico alguém que possa ajudá-la. Um beijo
Vilma 20/05/2010 13:59
vida-vivendocomarte.blogspot.com


Olá karina, como está? Nossa menina, a sua história é bem parecida com a da minha irmã. Ela morria de vontade de ter um filho. Fez todos os exames e ela estava muito bem, só que ao fazer do marido descobriu que tinha problemas com esperma lento. Eu me esqueci o nome desta doença. Então ele operou e logo ela engravidou. E depois quando já estava amamentando o primeiro filho engravidou novamente. rsrsrs Viu então? Não pode perder as esperanças, que tudo vai dar certo. Tenha fé em Deus que Ele vai ajudar você.
Dulcinea 20/05/2010 20:53


Amiga, que legal .. seu blog está muitoo legal!! E bom você vê que .. a solução pra ter o seu filho existe!!! Força!!! Beijoss!!
Naty!! 21/05/2010 17:35


Olá querida, como vai? Nossa que sofrimento que uma mãe passa para ter um filho não é? Com certeza essa sua luta vai ter sucesso. Se Deus quiser logo você vai ser mãe. Bem querida, que esta semana seja somente alegria para você. Beijinhos no coração.
Dulcinea 23/05/2010 20:46


oi nina eu li tudo eu ja tenho 2 filhos do meu primeiro casamento de 15 anos mais por fim nao deu certo ne , depois de 3 anos encontrei uma pessoa muito boa e um companheiro e tanto e ele nao tem filho entao opinamos por eu ter mais um filho eu sempre quiz mais um ,entoa fui no medico tira o diu e nao estava conseguindo fui no go de novo e fiz exames e deu um mioma entao ele me diz q talvez eu nao conseguia mais engravidar fiquei arrazada pois eu quero muito outro bb mais ele dize q eu tinha q tendar ja antes q o mioma crese mais entao eu estou correndo atras disto pois quero muito e sabe deus e o medicos dos medicos e para ele nada sera imposivel isto eu agredito entao seu sonho sera realizado como o meu so tenhamos fe bjsss
angela 24/05/2010 15:23


Nina, do céu, rsrsrs você é mais louca e corajosa do que eu imaginava. rsrsrs Como você teve coragem de falar assim com o médico? rsrsrs Eu queria ter essa coragem de enfrentar um cara desse como você fez. Realmente eles na maioria se acham o dono da verdade e muitas vezes eles não estão nem aí com a doença que talvez possamos estar não é? Bem querida, fique com Deus Beijinhosss
Dulcinea 25/05/2010 17:36
http://mineirinhagr.zip.net/


Oieee.. eita mulher que tem história!! Oh! passando pra dizer que estou com você viu .. e segunda . você e seu futuro filhote estavam na minha cabeça!! Acredite de alguma forma vc terá o seu!!! Beijosss te amo!
Naty 26/05/2010 17:33


Olá querida, como está? Hummm muitas vezes isso acontece, tem gente que participa muito dos nossos problemas e muitas vezes nos ajudam, mas com o passar do tempo cada um tem sua vida e acabam se afastando né? Mas nunca os esquecemos o que bem que nos fez.
Beijinhos
Dulcinea 27/05/2010 13:31
http://mineirinhagr.zip.net

obrigada, vc é demais nem te conheço e ja estou te adolandooo, vê la como tá, bjs
karen 27/05/2010 16:45


Olá querida, olhe eu novamente aqui. rsrsrs .
Amiga, gosto de suas histórias. Fui visitar o seu orkut e vi as fotos. Que bom que você se dá bem com o maridão né? Fique com Deus Beijinhosss
Dulcinea 27/05/2010 23:17
http://mineirinhagr.zip.net/

Olá querida, como está? Acabei de escrever um email para você. “A alegria adquire-se. É uma atitude de coragem. Ser alegre não é fácil, é um ato de vontade.” Fique com Deus Boa noite Beijinhos
Dulcinea 28/05/2010 17:06

Que gostoso receber sua carinhosa visitinha. Obrigaduuu!!!Nina, vá em configurações, entre em Comentários-Alterar opções-Campos do Comentário-email:opcional. Desmarque essa opção que está em obrigatório e marque opcional. Amiga siga esses passos que assim poderei deixar umas lindas flores para você. rsrsrs Com certeza merecerá as mais belas. Fique com Deus Beijinhos
Dulcinea 30/05/2010 11:04
http://mineirinhagr.zip.net/



Muitissimo obrigada a todos.

Agora pdem continuar comentando nesse aqui.
Beijão